Sem categoria
Como calcular a taxa de conversão do seu e-commerce

Como calcular a taxa de conversão do seu e-commerce

pt flag
en flag
Podcast SmartSeller

Um dos principais desafios para quem atua no comércio eletrônico é bater as metas de vendas. Para acompanhar isso, é preciso estar atento à taxa de conversão do e-commerce, que é um parâmetro muito importante nas estratégias de negócio. Afinal, evidencia o desempenho do método adotado para estimular uma ação importante.

Em outras palavras, trata-se de uma métrica que demonstra qual a parte do seu público realmente gera resultados para a empresa. Devido a esse potencial de lucro, é preciso monitorá-los constantemente para que seja possível entender também o retorno sobre investimento (ROI).

Mas, você sabe como calcular a taxa de conversão do e-commerce? Confira o conteúdo na íntegra e descubra!

Como calcular a taxa de conversão 

Se essa é a sua dúvida, saiba que há uma fórmula para calcular a taxa de conversão do e-commerce e o melhor é que o cálculo é bem simples. É feito em porcentagem e tem o objetivo de comparar o número de visitantes de uma página em relação à quantidade de conversão gerada.

O cálculo da taxa de conversão divide o total de vendas convertidos pela quantidade de visitantes. Para que você entenda melhor, suponhamos que os seus números (audiência X conversão) sejam assim:

  • Audiência: 100.000
  • Conversão: 1000

O resultado da taxa nesse caso seria de 1%. 

Vale dizer que as aplicações de análise de métricas disponíveis no mercado realizam esse cálculo automaticamente, com precisão e eficiência e ainda permitem o acompanhamento dos resultados, como as soluções da Flexy para e-commerces, tanto B2B quanto B2C.

6 indicadores para você monitorar no seu e-commerce 

Entendido o cálculo da taxa de conversão do e-commerce, é preciso saber também quais são os indicativos para ficar atento. Confira os 6 principais:

  1. Número de visitantes: investir no tráfego da página aumenta as chances de venda do seu negócio. O número de visitantes oferece maior visibilidade para a marca, presença digital e oportunidade de divulgar seus serviços/produtos.
  2. Número de vendas: permite analisar o quanto sua empresa faturou ou quantos pedidos foram feitos. Esses números servem para análises de desempenho com o objetivo de aumentar o faturamento.
  3. Taxa de conversão: já esse indicativo, como mencionamos, é focado em evidenciar a eficiência da sua página ao converter usuários, inclusive para torná-los clientes.
  4. CAC: o Custo de Aquisição de Cliente (CAC) serve para que sua marca saiba o quanto foi investido em uma ação com o intuito de converter um usuário em cliente. O cálculo é: valor investido ÷ número de clientes gerados.
  5. Ticket médio: já esse indicativo avalia em média quanto seus consumidores gastaram no e-commerce. O cálculo considera o faturamento total do período dividido pelo número de pedidos feitos.
  6. LVT: por último, o Life Time Value (LVT) diz respeito ao tempo de vida do cliente, ou seja, o quanto de dinheiro ele trará por todo o tempo em que comprar na sua empresa. A fórmula para calcular é a seguinte: ticket médio x média de compras por ano x média de tempo de relacionamento do cliente com a sua marca.

Qual a taxa de conversão ideal 

A taxa de conversão do e-commerce ideal é aquela que supera a do período anterior de análise. Não existe um padrão para identificá-la, pois ela varia de acordo com vários parâmetros do mercado e do seu negócio, que precisam, inclusive, ser considerados no momento de avaliar o resultado.

De qualquer forma, o número obtido sempre evidencia algo, seja que é preciso melhorias na estratégia adotada ou que é possível aumentar a taxa de conversão. É preciso, portanto, monitorar e entender a conversão gerada para pensar nas próximas ações.

Qual é a taxa de conversão média de cada segmento do e-commerce? 

Em 2014, o Mapa da Conversion do E-commerce, baseado em dados do PIB nacional (IBGE) e projeção de receitas do mesmo ano, evidenciou que a taxa de conversão do e-commerceno Brasil, era de 1,04%. Já em 2018, o NeoAtlas mostrou essa métrica para os principais segmentos:

  • Alimentos e bebidas: 4,5% e 0,8%.
  • Acessórios automotivos: 1,3% e 0,5%.
  • Bebês e crianças: 1,5% e 0,9%.
  • Beleza: 1% e 0,5%.
  • Calçados e acessórios: 1,6% e 0,9%.
  • Eletroeletrônicos: 2,2% e 1,4%.
  • Games: 1,4% e 0,8%.

Esses números são referentes à experiência do usuário via desktop (computador) e dispositivos móveis (smartphones e tablets, por exemplo).

Calcule e compare agora sua taxa de conversão 

Abaixo, vamos mostrar duas ferramentas que você pode usar para calcular sua taxa de conversão do e-commerce.

Calculadora de taxa de conversão 

calculadora de taxa de conversão da Rock Content permite que você faça o cálculo considerando diferentes segmentos, bastando indicar o número de visitantes e de pedidos mensais. Ela também indica a média de cada categoria no Brasil. 

Veja exemplos de resultados gerados por simulações usando-a:

  • Moda e acessórios: 2000 (visitantes) / 200 (pedidos mensais) = 10.00%. Média no Brasil: 1%;
  • Mercado Pet: 5000 (visitantes) / 587 (pedidos) = 11.74%. Média no Brasil: 0.35%;
  • Eletrônicos: 15488 (visitantes) / 1452 (pedidos) = 9.38%. Média no Brasil: 2%;
  • Alimentos e bebidas: 25478 (visitantes) / 14585 (pedidos) = 57.25%. Média no Brasil: 1.6%.

Por fim, a ferramenta indica se você está abaixo ou acima da média e oferece dicas para melhorar o desempenho.

Benchmarking do Funil de Vendas 

Nossos parceiros disponibilizam ferramentas integradas a SmartSeller e permite que você saiba a taxa de conversão do funil de vendas.

Para usar, basta preencher o formulário e indicar o número de visitantes, leads (visitantes cadastrados), oportunidades (leads mais qualificados), somatório das vendas durante o período de análise e o ticket médio de uma unidade do seu produto ou serviço.

Abaixo, veja os números usados para exemplificar a simulação que fizemos para o segmento “E-commerce”:

  • 12546 (visitantes)
  • 546 (leads)
  • 546 (oportunidades)
  • 245 (vendas)
  • Ticket médio (50,00)

O resultado de benchmarking gerado para esses números foi o seguinte:

  • Taxa média de visitantes para leads: 3% (acima da média)
  • Taxa média de leads promissores: 21.1% (acima da média)
  • Taxa média de oportunidades para vendas: 61.4% (abaixo da média)

Ou seja, caso esses fossem os seus números, o resultado indicaria que, embora esteja sendo eficiente em captar visitantes e possíveis clientes, ainda é preciso melhorar as estratégias de venda, como por meio de campanhas, promoções e descontos.

Espero ter conseguido ajudar você a entender como calcular a taxa de conversão do seu e-commerce. No entanto, a Flexy quer ajudar ainda mais a tornar o seu negócio mais eficiente. 

Com soluções tecnológicas focadas no e-commerce, a SmartSeller Plataforma de E-commerce oferece funcionalidades completas que otimizam ações para traçar estratégias e aumentar suas vendas, possibilitando, inclusive, monitorar a taxa de conversão, ticket médio, número de visitantes e quantidade de pedidos.

Conheça mais sobre a SmartSeller e entre em contato para ser melhor atendido! 

Gostou deste conteúdo? avalie

0 / 5

Your page rank:

Deixe um comentário

20 + vinte =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.